ABC/UMinho vence S.L. Benfica e ganha vantagem na luta pelo título nacional

PUB

O ABC/UMinho venceu esta noite o S.L. Benfica por 27-23, no terceiro jogo do «play-off» de atribuição do título nacional, ficando agora na frente (2-1) da corrida ao título máximo. Ao intervalo, a equipa de Carlos Resende vencia por 13-12.

Em mais um confronto entre estas duas equipas, foram vários os denominadores comuns. Pavilhão a abarrotar, jogo intenso, com velocidade e emoção até aos minutos finais. E foi o ABC a entrar bem e fazer o 2-0 antes do relógio marcar dois minutos. Reação imediata do S.L. Benfica, que empatou a três aos oito minutos. Seguiram-se empates consecutivos até ao 7-7 e foi um Pedro Spinola particularmente inspirado que fez o 8-7, com que se chegou aos 18 minutos, e posteriormente o 10-9, aos 21 minutos.

A perder por 12-10, Mariano Ortega troca de guarda redes (24 m.) e pouco depois solicita o primeiro “time-out”. Nuno Rebelo fez o 13-11 mas, em cima do derradeiro apito, Belone Moreira ainda teve tempo para fazer o 13-12 com que as duas equipas recolheram aos balneários.

O ABC entrou na segunda parte a ampliar a vantagem, com dois golos de Nuno Grilo, que levaram o ABC à primeira diferença de três golos (15-12) que Hugo Figueira tudo fez para não deixar ampliar. A perder por 16-13, com 37 minutos jogados, Mariano Ortega solicita o primeiro “time-out” da segunda parte. Dois golos consecutivos de Hugo Rocha separaram ainda mais as equipas (17-13) mas um parcial de 1-5 a favor do S. L. Benfica voltou a aproximar (18-18) a meio do segundo tempo, levando Carlos Resende a solicitar um “time-out” e trocar Humberto Gomes por Emanuel Silva.

Aos 47 minutos, na sequência de um rápido contra-ataque finalizado por João País, o S. L. Benfica passou pela primeira – e única – vez no jogo para o comando do marcador (18-19), situação rapidamente revertida pelos bracarenses que fizeram o 20-19 aos 49 minutos. Embalaram e, com o público a ajudar, chegaram de novo à vantagem de quatro golos (23-19) aos 53 minutos, após um parcial de 5-0.

O ABC entrou nos cinco minutos finais com uma vantagem de três golos (24-21) mas percebia-se que o jogo estava aberto. Elledy Semedo confirmou, se dúvidas houvesse (24-22). Hugo Rocha, dos seis metros, bateu Hugo Figueira (25-22) e uma falta atacante assinalada ao ataque da equipa da Luz permitiu a posse de bola ao ABC, quando restavam três minutos para jogar. Já com Humberto Gomes de regresso à baliza, Diogo Branquinho, a minuto e meio do final, fez o 26-22 e sentenciou o jogo, que terminou pouco depois com a vitória da equipa da casa por 27-23.

Hugo Rocha, com oito golos em nove remates, e Pedro Spinola, com seis em nove, foram os melhores marcadores do ABC. Do lado do S. L. Benfica, João Pais foi o melhor marcador, cm cinco golos, mas Elledy Semdo e Uelington Ferreira, ambos com quatro em quatro, foram mais eficazes.

O calendário completo do Campeonato Fidelidade Andebol 1, bem como todos os resultados e classificação, podem ser consultados no Portal, em Competições Nacionais.

Acompanha-nos através do Facebook oficial da Federação de Andebol de Portugal

Acompanha-nos também no instagram Andebol_Portugal e partilha as tuas fotos através dos #FidelidadeAndebol1 e #MulticareAndebolFeminino.

Patrocinadores