Ana Maria Carvalho participou no EHF Young Coaches Workshop

PUB

A convite da FAP e da EHF, a treinadora Ana Maria Carvalho representou Portugal no EHF Young Coaches Workshop, que se realizou na cidade polaca de Szczyrk.

A treinadora portuguesa, do ND Santa Joana-Maia, foi uma das 14 participantes deste Workshop e contou como tudo aconteceu: “O convite para a participação neste curso surgiu através do Marco Santos. Nós tivemos mais contacto no ano passado, durante o curso de Grau 3 da Federação e como me mostrei sempre muito interessada e participativa, surgiu o convite”, explica.

Ana Maria Carvalho refere que “a experiência foi extremamente enriquecedora, pois pude conhecer 13 treinadores de nacionalidades diferentes e com experiências a nível desportivo bastante distintas. Pude privar também com algumas pessoas bastante conceituadas na Federação Europeia, como os prelectores Mila Petronijevic, Peter Kovacs, Stefan Zierhofer e Jurgen Boss, que nos acompanharam durante toda a semana e nos deram imensos feedbacks durante as nossas sessões práticas”, conta a própria.

“Ao longo do curso tivemos de preparar duas sessões de treino de 30 minutos cada e executar esses treinos com as selecções de sub-19 feminina e masculina da Polónia. De todos os feedbacks, positivos e negativos claro, aquele que mais me marcou foi quando me disseram que se notava que percebia bastante de andebol”, refere, com orgulho. “No geral, aquilo que mais retiro desta experiência, o que realmente mais me marcou foi perceber que, em Portugal, estamos no mesmo nível do resto dos países em termos de conhecimento de andebol, os nossos treinadores têm qualidade e querem aprender, os nossos atletas podem ser atletas de topo, mas aquilo que nos diferencia é o pouco apoio que existe para a nossa modalidade. Temos e devemos apoiar mais as academias e os clubes de formação; temos e devemos hoje pensar no futuro e deixar de pensar apenas no presente” acrescenta a técnica, que deixa ainda, palavras de agradecimento: “não posso deixar de agradecer à Federação, na figura do seu presidente Miguel Laranjeiro, e em especial ao Marco Santos, por esta incrível oportunidade e por me terem proporcionado esta experiência”.

O curso foi aberto para sete treinadores e treinadoras, com menos de 33 anos. Os temas desenvolvidos foram diversificados, desde as tácticas para o ataque e defesa como sobre a preparação física ou os guarda-redes. O workshop contou, ainda, com sessões teóricas sobre o planeamento dos treinos e exercícios práticos ensinados pelos preletores da EHF Peter Kovacs, Milan Petronijevic e Roman Filz, assim como pelo especialista em desporto Stefan Zierhofer.

Patrocinadores