Assembleia Geral Ordinária da Federação de Andebol de Portugal aprovou Relatório e Contas de 2018

PUB

Realizou-se, na manhã desta sábado, 6 de Abril, a Assembleia Geral Ordinária da Federação de Andebol de Portugal, no Vip Executive Santa Iria Hotel, em Santa Iria da Azóia.

O Ponto Único da Ordem de Trabalhos consistia em “Apreciar e votar o Relatório e Contas do Exercício do ano de 2018”, ambos aprovados por unanimidade da Assembleia Geral.

O presidente da FAP, Miguel Laranjeiro, apresentou o relatório e contas referente a 2018, lembrando que “foi mais um ano de uma gestão rigorosa e com um aumento da atividade desportiva, nomeadamente ao nível das diversas seleções nacionais”.

Para Miguel Laranjeiro, “o resultado positivo, financeiro e desportivo, é fruto de um trabalho desenvolvido em parceria com todos os agentes da modalidade”, assumindo que “o Andebol está em alta em Portugal, e vai continuar a crescer em todas as suas dimensões”.

Na ocasião, foi ainda aprovado um Voto de Louvor à dupla de árbitros Duarte Santos/ Ricardo Fonseca e ao delegado António Goulão, pelo desempenho no último Campeonato do Mundo Seniores Masculinos 2019, em Janeiro.

Ricardo Fonseca e Duarte Santos foram a dupla de árbitros escolhida pela IHF para o jogo de atribuição da Medalha de Bronze e o delegado António Goulão foi um dos oficiais nomeados para a Final.

No final da Assembleia, João Pais, em representação da ARJAP (Associação Representativa de Jogadores de Andebol de Portugal) apresentou, junto dos presentes, um estudo recente sobre a questão da saúde dos jogadores devido à excessiva carga de jogos e solicitou que se pensasse na questão dos quadros competitivos, nomeadamente dos Campeonatos da Europa e do Mundo, de modo a que os jogadores estejam sempre nas nas melhores condições de saúde e proporcionem sempre um bom espetáculo de Andebol.

Acompanha-nos através do Facebook Oficial, Instagram ou Twitter.

Patrocinadores