Portugal vence II Torneio Internacional Terras do Demo

PUB

O Pavilhão Municipal de Moimenta da Beira voltou a encher para o segundo encontro entre Portugal e Roménia, a contar para o II Torneio Internacional Terras do Demo. Logo após os hinos nacionais, houve lugar à troca de ofertas institucionais, entre a Câmara Municipal de Moimenta da Beira, a Associação de Andebol de Viseu, o clube local, EA Moimenta da Beira e a Federação de Andebol de Portugal. Carlos Martins, atleta da seleção nacional oriundo desta região, foi ovacionado por todos os presentes.

Portugal alinhou com Fábio Antunes, Gilberto Duarte, Wilson Davyes, Tiago Rocha – em troca defesa/ataque com Alexis Borges – Fábio Magalhães, Carlos Martins e, ainda, Alfredo Quintana na baliza. Num início de jogo em que se evidenciaram as defesas de ambas as partidas, Gilberto Duarte inaugurou o marcador, já com quase três minutos jogados; com dois golos seguidos, a Roménia passou para a frente do marcador pela primeira vez aos seis minutos (2-3), vantagem de imediato anulada pelos lusos. Intensidade e equilíbrio retratavam o jogo, que prosseguiu com sucessivas trocas no comando do marcador (5-4; 5-6; 7-6). A meio da primeira parte, os comandados de Paulo Pereira conseguiram a maior diferença até então (8-6) e o treinador da Roménia, Xavier Pascual, pediu o primeiro time-out do encontro. Apesar do guarda-redes Darius Makaria insistir em negar o golo a Portugal, a turma das quinas aumentou a vantagem para 10-7, com um golo de 7m de Pedro Portela. Alfredo Quintana também estava à altura do adversário e, com excelentes intervenções, evitava a recuperação da equipa adversária. Ainda no decorrer da primeira parte, Paulo Pereira fez várias alterações ao sete inicial e fez entrar Jorge Silva, Rui Silva, Daymaro Salina, Diogo Branquinho e Hugo Figueira, para a baliza. Nos minutos finais da primeira parte, Portugal ainda chegou a ter seis golos de vantagem (14-8), mas a Roménia reduziu e foi para intervalo a perder 14-10.

O jogo retomou com a mesma intensidade e Portugal, apesar de ter ficado em inferioridade numérica logo nos minutos iniciais, manteve o comando do marcador. O treinador da Roménia fez várias alterações na equipa, na tentativa de equilibrar as contas, mas o conjunto luso seguia firme na frente. A Roménia aproximou o resultado (20-18), com onze minutos para jogar, mas Portugal voltou a distanciar-se (26-20), vantagem que geriu com tranquilidade até ao final do jogo, numa vitória por 27-22.

No final do jogo, Paulo Pereira começou por dizer que “é este o caminho. Nós tínhamos estabelecido um objectivo em relação aos golos de contra-ataque e aos golos a sofrer na defesa, como limite e hoje ainda foi melhor que há dois dias. Antes sofremos 24 golos, hoje sofremos 22 golos com a Roménia com um dos melhores treinadores do mundo. Cumprimos plenamente esse objectivo estatístico. Hoje voltámos a fazer 10 golos de contra-ataque, antes tínhamos feito 13, portanto estamos realmente no bom caminho. Há sempre muitas coisas a melhorar, mas, conseguimos consolidar um pouco o respeito que todos já têm por nós fora de Portugal. , considerou o treinador, que referiu ainda que “O problema destes jogos equilibrados é que é preciso estar sempre com compromisso absoluto e, às vezes, um pequeno erro, um pequeno descuido, faz com que o resultado de 4, 5 golos passe para 1 ou 2 e as coisas ficam mais complicadas”.

Pedro Portela e Gilberto Duarte, com 6 golos cada, foram os melhores marcadores da partida. O boletim de jogo pode ser aqui consultado, em anexo.

Calendário/ resultados de jogos – II Torneio Terras do Demo

25.10.17, 11h00 – Pav. Mun. Moimenta da Beira – Portugal : Roménia, 29-24 (13-11)
27.10.17, 21h00 – Pav. Mun. Moimenta da Beira – Portugal : Roménia, 27-22 (14-10)

Patrocinadores