Campeonato 1ª Divisão Feminina: Maiastars ganha ao JAC Alcanena

PUB

Este sábado disputou-se a 17ª jornada do Campeonato 1ª Divisão Feminina, na íntegra.

O Maiastars venceu o JAC Alcanena, numa partida em que a formação de Marco Santos esteve quase sempre na frente do marcador e só na reta final da partida, as comandadas de André Monteiro passaram para a frente e garantiram a vitória. Na Maia, o Alcanena entrou melhor no jogo (1-5) e a equipa da casa, que não conseguiu equilibrar as contas, foi para o intervalo a perder 11-16. Na segunda parte, o Alcanena foi mantendo a vantagem mas o Maiastars foi, pouco a pouco, aproximando o resultado (20-22). Foi já na parte final do encontro que a formação maiata deu a volta ao marcador (24-23) e, até ao final do jogo, o JAC Alcanena ainda aproximou até à diferença mínima, mas já não conseguiu evitar a derrota, por 28-27. Ana Silva (Maiastars), com 10 golos, foi a melhor marcadora.

O Colégio de Gaia/Toyota recebeu e venceu o CS Madeira, por 29-20, numa partida em que as comandadas de Paula Marisa Castro estiveram sempre na frente do marcador. Ao intervalo, a equipa da casa já vencia por 17-12 e, sem melhores soluções na segunda parte, o CS Madeira seguiu em desvantagem até ao apito final. Patrícia Lima (C. Gaia) foi a melhor marcadora, com 9 golos.

A Juve Lis venceu na deslocação a Leça da Palmeira. A equipa de Leiria saiu primeiro na frente do marcador (3-6), mas o CA Leça ainda conseguiu chegar ao empate a 7 golos; no entanto, a equipa da casa não conseguiu acompanhar a Juve Lis, que voltou a adiantar-se e já foi para o intervalo a ganhar 12-15. As duas equipas retomaram a partida a manter o ritmo da primeira parte; as comandadas de Vasco Ramos já não voltaram a encontrar a melhor forma de equilibrar as contas e a Juve Lis manteve-se na liderança do marcador durante toda a segunda parte, vencendo por 22-31. Francisca Marques (Juve Lis), com 8 golos, foi a melhor marcadora.

O Alpendorada sofreu uma derrota, na receção ao Madeira Sad. Depois do equilíbrio nos minutos iniciais da partida, a equipa madeirense adiantou-se no marcador durante a primeira parte (6-9) e a equipa da casa, que não conseguiu acompanhar o ritmo que o Madeira Sad imprimia ao jogo, saiu para o intervalo a perder 11-18. Na segunda parte, a equipa orientada por Hugo Vieira conseguiu aproximar o resultado (18-21), mas as comandadas de Sandra Fernandes não cederam a liderança, que seguraram até ao apito final e venceram por 20-30. Destaque para os 14 golos apontados por Mónica Soares (Madeira Sad).

O Alavarium Love Tiles venceu na deslocação a Lisboa, onde defrontou o ASS Assomada. O jogo começou com grande equilíbrio em campo (4-4) e a equipa da casa até saiu primeiro na frente do marcador (10-8), mas o conjunto aveirense recuperou, deu a volta ao resultado e foi para o intervalo a ganhar 15-19. Na segunda parte, a Assomada ainda conseguiu aproximar o resultado até à diferença mínima (26-27), mas o Alavarium Love Tiles voltou a distanciar-se e não deixou escapar os três pontos da jornada. 30-34 foi o resultado final do jogo em que Rute Fernandes (Assomada) foi a melhor marcadora, com 11 golos.

Também em Lisboa, o Passos Manuel sofreu uma derrota tangencial na receção ao SIR 1º Maio / ADA CJ Barros. Num jogo com poucos golos, a equipa da Marinha Grande adiantou-se no marcador no decorrer da primeira parte (2-4) e, sem conseguir equilibrar as contas, o Passos Manuel foi para o intervalo a perder 6-9. A equipa da casa andou atrás do resultado durante toda a segunda parte e, apesar de ter aproximado até à diferença mínima, já não conseguiu evitar a derrota, por 16-17. Mariana Faleiro, Joana Reis (P. Manuel) e Patrícia Fernandes (SIR), com 6 golos cada, foram as melhores marcadoras deste jogo.

COLÉGIO DE GAIA/TOYOTA RECEBE MADEIRA SAD NO DOMINGO

Em jogo com transmissão em direto pela Andebol|TV, às 17h30, o Madeira Sad vai a Gaia testar a invencibilidade do Colégio de Gaia/Toyota, a única formação sem qualquer derrota no Campeonato 1ª Divisão Feminina.

“Domingo defrontaremos o histórico Madeira Sad, actual segundo classificado e presente campeão nacional em título. Acredito que será um excelente fim de semana de promoção do andebol feminino e da igualdade do género”, defende Patrícia Resende.

Sandra Fernandes assume que a equipa quer vencer em Gaia: “No domingo, um jogo de emoções, onde vamos defrontar a equipa que ainda não conhece a derrota nesta temporada. O Colégio é uma equipa recheada de talento, bem orientada e por isso será uma tarefa de grau de dificuldade elevado. Sabendo que este é apenas mais um jogo, porque nada se decide por agora, espero que seja um bom espetáculo de andebol e que as protagonistas proporcionem a quem assistir ao encontro bons momentos de andebol. Estamos preparadas para o fim de semana, queremos vencer e assumimos isso, como sempre temos feito, mas estamos perfeitamente identificadas com as dificuldades”, garante.

Antes, o Alpendorada recebe o CS Madeira, partida em que as duas formações vão discutir os três pontos da jornada até ao apito final.

Campeonato 1ª Divisão Feminina – 17ª Jornada

16.02.19, 17h00 – Maiastars : JAC Alcanena, 28-27 (11-16)
16.02.19, 17h00 – Colégio de Gaia/Toyota : CS Madeira, 29-20 (17-12)
16.02.19, 17h30 – CA Leça : Juve Lis, 22-31 (12-15)
16.02.19, 18h00 – ARC Alpendorada : Madeira SAD, 20-30 (11-18)
16.02.19, 18h30 – ASS Assomada : Alavarium Love Tiles, 30-34 (15-19)
16.02.19, 19h00 – NAAL Passos Manuel : SIR 1º Maio / ADA CJ Barros, 16-17 (6-9)

Campeonato 1ª Divisão Feminina – 18ª Jornada

17.02.19, 15h30 – ARC Alpendorada : CS Madeira
17.02.19, 17h30 – Colégio de Gaia/Toyota : Madeira SAD – Andebol|TV
23.02.19, 18h00 – JAC Alcanena : CA Leça
23.02.19, 18h00 – SIR 1º Maio / ADA CJ Barros : ASS Assomada
23.02.19, 18h30 – NAAL Passos Manuel : Alavarium Love Tiles
23.02.19, 19h00 – Juve Lis : Maiastars

Acompanha-nos através do Facebook Oficial, Instagram ou Twitter.

Patrocinadores