Qualificação Campeonato Europeu 2020: Portugal não consegue superar redenção gaulesa

PUB

Os comandados de Paulo Pereira, após reescreverem história, em Guimarães, ao vencerem a seleção gaulesa, por 33:27, o que não acontecia desde 1980, não conseguiram renovar a vitória e acabaram por perder no Rhenus Sport Strasbourg, por 33:24, resultado que não reflete o equilibrio que existiu durante o jogo.

Pedro Portela, ponta-direita da Seleção Nacional, que atua no campeonato francês, foi o primeiro a abrir as hostilidades, no Rhenus Sports, onde se viveu um grande ambiente de andebol ao mais alto nível. Rapidamente, os gauleses estabeleceram e igualdade e passaram para a frente do marcador, mas Portugal não baixou os braços e conseguiu correr atrás do resultado, mantendo as margens sempre mínimas. Aos 10 minutos de jogo, Portugal perdia apenas por um golo, com 6:5 no placar e minutos mais tarde conseguiu igualar a partida, sem nunca passar para a frente do marcador. Dez minutos mais tarde, a França conseguiu comandar o jogo, com quatro golos de diferença, o que levou Paulo Pereira a pedir “time-out” para aumentar a performance defensiva da equipa. A formação lusa conseguiu recuperar e saiu para o descanso a perder por apenas um golos, quando o placar marcava 16:15. No segundo tempo, a turma das Quinas esteve sempre bastante equilibrada com a sua congénere francesa mas, na reta final do jogo, Portugal sofre um parcial de 5:0, do qual não conseguiu recuperar, especialmente após exclusão de Alexis Borges e acabou por perder o encontro por 34:23. Desta vez, a par do encontro em Guimarães, em que Humberto Gomes esteve em grande destaque, foi a vez de Vincent Gerard causar grandes dificuldades à turma lusa. Michael Guigou e Nedim Remili, com 7 golos cada, foram os melhores marcadores do encontro; já no lado luso, António Areia e Gilberto Duarte, com 4 golos cada, foram as figuras de destaque.

Paulo Pereira, Selecionador Nacional, mostrou-se satisfeito pela prestação da sua equipa, que conseguiu fazer frente à medalha de bronze do Campeonato do Mundo, durante 45 minutos e apesar do ambiente infernal que se viveu na Rhenus Sport.

“O que nos prejudicou neste jogo, foi a experiência francesa, temos que aceitar duas coisas, uma é que fizemos um excelente jogo, em Guimarães, em que nos superámos e conquistámos um feito histórico, a outra é que sabíamos que a França nos iria impôr o seu estatuto de uma das seleções mais tituladas do mundo. Fizemos 45 minutos de alto nível e depois por uma série de circunstâncias, incluindo a utilização dos nossos defensores centrais durante 60 minutos, acusámos uma quebra e permitimos este decaláge à França.” – afirma Paulo Pereira.

O Selecionador Nacional realça também que “Se nós em 40 anos nunca ganhámos à França e numa semana queríamos ganhar duas vezes, era ousado pela dificuldade que é jogar com uma seleção deste nível, vamos continuar a trabalhar, fiéis às nossas ideias e festejaremos a qualificação em junho.” – remata o timoneiro da equipa das Quinas.

Também Tiago Rocha, Capitão da Seleção, reflete sobre os últimos instantes de jogo, “Foram 15 minutos de grande intensidade, acabámos por quebrar, com mais algumas falhas do que em Portugal, mas temos que estar contentes e sair daqui com a cabeça erguida porque fizemos um excelente resultado no primeiro jogo e por estes 45 minutos que realizámos aqui. Só precisamos de mais um ponto para concluir este apuramento para o Europeu.

Portugal volta a entrar em campo, em Junho, na 5ª ronda, do Grupo 6, a ser disputada na Roménia e, posteriormente, em casa, frente à Lituânia. A Seleção Nacional precisa apenas de um ponto para carimbar o apuramento para o Campeonato da Europa, o que não acontece desde 2006.

Pode consultar o Boletim de Jogo, aqui, em anexo.

1ª jornada

24.10.18, 20h00, Santo Tirso – Portugal : Roménia, 21-13 (10-7)
25.10.18, 19h30, Aix en Provence – França : Lituânia, 42-27 (21-10)

2ª jornada

28.10.18, 14h30, Klaipeda – Lituânia : Portugal, 23-24 (10-12)
28.10.18, 16h00, Cluj Napoca – Roménia : França, 21-31 (9-12)

3ª jornada

11.04.19, 16h00, Targoviste – Roménia : Lituânia, 28-23 (16-13)
11.04.19, 20h00, Guimarães – Portugal : França, 33-27 (17-13)

4ª jornada

14.04.19, 16h30, Estrasburgo – França : Portugal, 33-24 (16-15)
14.04.19, 14h30, Klaipeda – Lituânia : Roménia, 24-23 (12-11)

5ª jornada – 12/ 13 Junho 2019

– Lituânia : França
– Roménia : Portugal

6ª jornada – 15/ 16 Junho 2019

– França : Roménia
– Portugal : Lituânia

Classificação Geral – Grupo 6
1º – França, 6 pontos
2º – Portugal, 6 pontos
3º – Roménia, 2 pontos
4º – Lituânia, 0 pontos

Acompanha-nos através do Facebook Oficial, Instagram ou Twitter.

Patrocinadores