EHF European Cup: Cinco equipas lusas em busca de um sonho e já com adversários na Ronda 2

PUB

SL Benfica, Madeira SAD, ADA São Pedro do Sul, SIR 1º de Maio ADA CJB e Colégio de Gaia vão representar Portugal em 2023/2024 e vão iniciar a campanha europeia a 23/24 de setembro.

No total, serão 64 equipas a competir na terceira maior prova da Federação Europeia de Andebol, cinco das quais são portuguesas, que conheceram, esta terça-feira, os primeiros adversários europeus para a edição 2023/2024 da prova que se inicia diretamente na Ronda 2. O sorteio decorreu na sede da EHF, em Viena, Áustria. As 32 equipas vencedoras desta fase inaugural irão avançar para a Ronda 3.

O Madeira SAD, vice-Campeã Nacional e equipa portuguesa que alcançou a melhor classificação na edição passada, tendo caído apenas nos Quartos de Final, ficou a saber que vai medir forças com as austríacas do MGA Fivers e vai começar a eliminatória em sua casa.

Quanto ao SL Benfica, que abdicou do direito de participação na EHF European League – garantido depois da conquista do título de Campeão Nacional -, vai voltar a competir nesta EHF European Cup, depois de ter chegado aos Oitavos de Final em 2022/2023 e tem também a Áustria como destino na Ronda 2. As encarnadas têm encontro marcado com o SC Witasek Ferlach, jogando igualmente a primeira mão no Pavilhão nº2 da Luz.

A ADA São Pedro do Sul, terceira classificada do Campeonato 1ª Divisão Feminina na época passada, fez história na temporada passada ao garantir uma vaga nas competições europeias, parte agora para a segunda participação seguida e terá frente às turcas do Armada Praxis Yalikavakspor. A formação de São Pedro do Sul é, de resto, a única equipa portuguesa a começar a Ronda 2 fora de portas, realizado a segunda mão em solo luso.

Em relação ao SIR 1º de Maio ADA CJB, quarto colocado em 2022/2023 no plano interno, começa a aventura europeia frente ao KHF Istogu, equipa do Kosovo. A primeira mão jogar-se-á na Marinha Grande e a segunda em solo kosovar.

Por fim, o Colégio de Gaia, que na sequência de um incentivo por parte da EHF em possibilitar mais vagas para esta competição, ganhou direito de se juntar às equipas lusas no plano internacional em 2023/2024, terá uma deslocação à Islândia para defrontar o IBV Vestmannaeyjar, equipa que foi eliminada pelo Madeira SAD na Ronda 3, na época passada. As gaienses vão jogar a primeira mão com as nórdicas, em casa.

Os jogos da Ronda 2 estão agendados para 23/24 de setembro (primeira mão) e 30 de setembro/1 de outubro de 2023 (segunda mão).

EHF European League

Ainda no feminino, mas em relação à segunda prova mais importante, o Costa del Sol Malaga, clube que garantiu esta temporada a contratação da internacional portuguesa Patrícia Lima, vai defrontar as norueguesas do Larvik HK, na Ronda 2 de qualificação da prova. A central de 28 anos, que se prepara para cumprir a quarta temporada em Espanha, após três anos no CB Atlético Guardés, é a única jogadora portuguesa a competir na EHF European League em 2023/2024. O vencedor deste duelo irá medir forças com o emblema dinamarquês do Kobenhavn Handbold, que já está colocado diretamente na Ronda 3.

Patrocinadores Institucionais