Seleção Nacional sub-16: Portugal perde primeiro de dois duelos ibéricos em Béjar

PUB

Comandadas de Sílvia Fernandes sofreram uma derrota por 28-14 no particular com Espanha; Este sábado há novo duelo entre as duas seleções vizinhas, a partir das 13h00.

O primeiro compromisso de cariz particular da Seleção Nacional sub-16 Feminina em território espanhol terminou com uma derrota por 28-14, na tarde desta sexta-feira, na cidade de Béjar. Este sábado haverá novo confronto com as mesmas protagonistas, novamente no Pavilhão Municipal de Desportos de Béjar, desta vez às 17h30 – hora portuguesa.

7 inicial: Camila Rodrigues, Inês Soares, Kiara Moreno, Rafaela Lopes, Raquel Machado, Ana Sousa e Margarida Valente.

Frente a uma Espanha em 6:0 defensivo, Portugal mostrou o seu 5:1 e perdeu os três primeiros ataques, o que ajudou a que as espanholas aproveitassem para concretizar um parcial de 2-0. O primeiro golo da Seleção Nacional na partida foi da autoria de Rafaela Lopes, aos quatro minutos. Portugal mostrava competência na defesa mas continuava a cometer algumas faltas técnicas no ataque, que condicionavam a recuperação das comandada de Sílvia Fernandes. Aos 9 minutos, a seleção de Espanha, sem brilhantismo e – nesta altura – apenas um pouco mais eficaz do que a armada lusa, chegou aos três golos de vantagem (4-1), sendo que Portugal só voltou a marcar aos 11 minutos, pela mão da ponta-direita Raquel Machado (4-2).

A partir daqui o jogo ganhou mais intensidade e as duas equipas tornaram-se mais objetivas na busca pelo golo, para além das intervenções que começaram a surgir por parte das guarda-redes (Camila Rodrigues e Paula Millaruelo). A meio da primeira parte, a seleção espanhola já havia subido a defesa e foi tempo de várias trocas de parte a parte, imediatamente antes do primeiro time-out da partida, pedido por Sílvia Fernandes, quando apareceu o 8-4.

Nós últimos 10 minutos da primeira parte, as exclusões condicionaram a recuperação de Portugal mas, na baliza, Camila Rodrigues mantinha a diferença perfeitamente alcançável (10-6 aos 24’). No entanto, até ao intervalo, o rendimento da seleção do país vizinho cresceu e a diferença atingiu o inédito patamar dos oito golos. 

Intervalo: 15-7

Os primeiros cinco minutos da etapa complementar trouxeram algum equilíbrio e foram de parada e reposta, antes da Espanha chegar ao 19-10, mesmo em situação de inferioridade numérica. Pouco depois, as dificuldades começaram a ser mais notórias para Portugal, que se viu pela primeira vez a perder por uns redondos 10 golos (21-11) em cima dos 45 minutos. Aos 56 minutos surgiu o último time-out português da partida, logo após Espanha ter assinado o 26-12, numa fase em que a seleção da casa mostrava total controlo, tal como aconteceu até final.

Bianca Lima, com três golos marcados, foi a melhor marcadora de Portugal no jogo.

Resultado Final: 28-14

Sílvia Fernandes realça o comportamento competente da Seleção Nacional na defesa e menos produtivo no ataque, frente a uma Espanha mais madura em toda a linha: “Foi um jogo muito difícil. A seleção espanhola revelou maior maturidade em questões técnico-táticas que, aliadas a diferenças acentuadas nas capacidades físicas, ditaram o resultado final. Mas as minhas atletas apesar de nervosas e de nem sempre cumprirem com o que lhes foi solicitado, foram lutando, e penso que a sua prestação defensiva foi bastante positiva. A nível ofensivo cometemos muitos erros que culminaram com golo fácil do adversário.”

Os dois jogos particulares entre Portugal e Espanha (sub-16) poderão ser acompanhados em direto no canal de YouTube da Real Federación Española de Balonmano.

Jogos Amigáveis – Béjar
Calendário:
24.11.2023 – 19h45 – Espanha x Portugal, 28-14 (15-7)
25.11.2023 – 17h30 – Espanha x Portugal

Patrocinadores Institucionais