Supertaça Kempa 2023: SL Benfica avança para a segunda Final consecutiva

PUB

Atuais detentores do troféu bateram o Marítimo Madeira Andebol SAD na primeira Meia Final, este sábado, em Santo Tirso; Sporting CP e FC Porto decidem a outra Meia Final, a partir das 17h30.

O SL Benfica entrou melhor e concretizou um parcial de 2-0, da autoria de Andre Izquierdo e Demis Grigoras, com o Marítimo Madeira Andebol SAD a mostrar uma escassa eficácia nos primeiros minutos e Gustavo Capdeville inspirado na baliza encarnada.

Em cima dos cinco minutos, o emblema insular cresceu e Délcio Pina – melhor marcador da edição passada do Campeonato Placard Andebol 1 (201 golos) e atual líder em 2023/2024, com 100 remates certeiros – assumiu as rédeas da recuperação do Marítimo Madeira Andebol SAD, que chegou ao empate (3-3) e, aos oito minutos, colocou-se mesmo na frente do marcador (3-4) pela primeira vez.

O conjunto estreante nesta fase da competição liderou o marcador até aos 14 minutos, altura em que Yoan Lumbroso assinou o 7-6 e voltou a colocar o SL Benfica na frente. No entanto, bastaram três minutos para que o Marítimo Madeira Andebol SAD reclamasse nova liderança (8-7), imediatamente antes de aparecer a primeira exclusão da partida, para o SL Benfica. O atual detentor da Supertaça resistiu e, já em igualdade numérica, não só regressou ao comando, como chegou mesmo aos dois golos de vantagem (13-11), de forma inédita. Nesta altura, com 23 minutos decorridos, Paulo Fidalgo pediu o primeiro time-out.

Após a paragem, o Marítimo Madeira Andebol SAD colocou em prática o sistema 7×6, mas até foi o SL Benfica a conseguir dilatar a diferença para três golos (14-11) até que aos 29 minutos, Jota González solicitou um time-out depois de uma aproximação dos Insulares (16-15).

Ao intervalo, as Águias venciam pela margem mínima e Délcio Pina era o melhor marcador do encontro, com sete golos.

Intervalo: 17-16

O SL Benfica começou melhor na segunda metade e teve várias oportunidades para voltar aos três golos à maior, com os guarda-redes internacionais portugueses Gustavo Capdeville e Diogo Valério em grande destaque. Depois de um período de alguma incerteza, o SL Benfica aproveitou da melhor forma as fragilidades inerentes ao sistema 7×6 do Marítimo Madeira Andebol SAD para chegar onde nunca tinha estado: quatro golos de vantagem (23-19), aos 29 minutos e time-out pedido por Paulo Fidalgo.

Após paragem, o SL Benfica desbloqueou o patamar dois cinco golos (24-19) e, já dentro dos últimos 20 minutos, respondeu com a utilização do sistema 7×6. Diogo Valério ajudava o Marítimo Madeira Andebol SAD na tentativa de recuperar e, apear das dificuldades sentidas no ataque, a equipa insular teve forças para reduzir para a margem mínima (26-25), aos 49 minutos, o que levou Jota Gonzalez a pedir time-out.

Mas a experiência dos homens da Luz fez com que em apenas cinco minutos, aparecesse um parcial de 6-2 (32-27), para sentenciar o desfecho da primeira Meia Final em Santo Tirso. Paulo Fidalgo preparou os últimos cinco minutos em time-out e o Marítimo Madeira Andebol SAD não atirou a toalha ao chão mas foi o SL Benfica a festejar a segunda presença consecutiva na Final da Supertaça e a ficar mais perto de conquistar de novo o troféu, como na época passada. 

Resultado Final: 37-31
Top Scorer:
Délcio Pina – 14 golos

Poderá consultar o Relatório Estatístico ao clicar no encontro pretendido.

Os bilhetes têm o custo de 7,5€ para cada Meia Final e de 10€ para a Final e podem ser adquiridos através da BOL – ao clicar aqui  – ou presencialmente, no domingo, até às 16h00.

Supertaça Kempa 2023
16.12.2023 – 15h00 – SL Benfica x Marítimo Madeira Andebol SAD, 37-31 (17-16)
16.12.2023 – 17h30 – Sporting CP x FC Porto, 34-33 (19-16)
17.12.2023 – 18h00 – SL Benfica x Sporting CP, RTP 2

Patrocinadores Institucionais