EHF Euro 2024: Campeã da Europa faz frente a Portugal no Main Round

PUB

Armada de Paulo Pereira tem pela frente a poderosa Suécia, num encontro que poderá selar em definitivo o acesso ao Torneio Pré Olímpico; Portugal e Suécia defrontam-se este domingo a partir das 17h00 – transmissão em direto na RTP 2.

A letra da famosa música Waterloo dos Abba, banda sueca multiplatinada, diz “I was defeated, you won the war” e é assim que esperamos que acabe o encontro deste domingo, frente à Campeã da Europa, com os nórdicos a entoar esta mesma canção. Portugal encontra-se na terceira posição do Main Round II, o que, por si só, poderá dar acesso, não só à disputa do 5.º/6.º lugares, mas também ao Torneio Pré-Olímpico. Isto, caso não passem às Meias Finais duas seleções que também procuram vaga para esse torneio, como é o caso da Áustria, Croácia ou Islândia (todas a disputar o Main Round I). Desta lista, apenas o país da europa central e os balcânicos se encontram em boa posição para conquistar uma vaga. Mas pode até haver outro cenário, já que a Croácia poderá assegurar um lugar no Torneio Pré-Olímpico caso o Egito seja Campeão das Nações Africanas e ganhe acesso direto a Paris 2024.

Os Heróis do Mar estão à frente dos adversários diretos do Main Round II (Eslovénia e Países Baixos) mas pretendem cimentar a sua posição e, para isso, o resultado ideal seria uma vitória frente à Suécia, que perdeu pontos pela primeira vez, na passada jornada. Os amarelos e azuis da Escandinávia serão os próximos a medir forças com Portugal, a partir das 17h00 deste domingo, na Barclays Arena, em Hamburgo.

Campeões da Europa em título

Uma constelação de estrelas compõe esta equipa da Suécia, a começar por Jim Gottfridsson (SG Flensburg-Handewitt), central e cérebro desta formação, imediatamente seguido pelo guardião Andreas Palicka (Paris Saint-Germain)e por Hampus Wanne (Barça), atual melhor marcador, com 26 golos, e companheiro de equipa de Luís Frade. Uma mistura de experiência e a exuberância da juventude de jogadores como Eric Johansson (THW Kiel) alimenta, mais uma vez, o fogo da Suécia, que chegou a este Main Round com um pleno de vitórias frente a Países Baixos, Bósnia-Herzegovina e Geórgia. A primeira derrota neste EHF Euro 2024 foi somente às mãos da Campeã do Mundo, Dinamarca.

Desde que Glenn Solberg ocupou o cargo de Selecionador Nacional, em 2020, a consistência da Suécia tem sido espantosa. Os escandinavos conquistaram a prata no IHF World Championshio 2021, o 5.º posto em Tóquio 2020, o prestigiado ouro no EHF Euro 2022 e terminaram o Campeonato do Mundo de 2023, na quarta posição, o que representa uma grande reviravolta em relação ao desempenho dececionante no EHF Euro 2020 (7.º lugar). Em Europeus, nenhuma seleção conquistou mais ouros do que a Suécia (cinco vezes campeã), apenas Espanha (nove medalhas) e Dinamarca (sete) subiram mais vezes ao pódio do que a equipa escandinava, mas com medalhas de valor inferior. Saiba mais sobre a Suécia, AQUI.

Reviver Malmö

Desde 1994, os destinos da Suécia e Portugal cruzaram-se apenas por sete ocasiões, quatro das quais em Campeonatos da Europa, duas em Campeonatos do Mundo e ainda uma nos Jogos Olímpicos – Tóquio 2020. O saldo é nada menos do que positivo para os suecos, com seis vitórias em sete jogos, deixando apenas uma conquista para Portugal, em Malmö, há quatro anos e dois dias, em jogo referente ao Main Round II do Europeu. Nesse histórico duelo, os Heróis do Mar brilharam ao vencer por 25-35, com o preciosos contributo de João Ferraz, Fábio Magalhães e Rui Silva, todos com seis golos, imprimindo uma das maiores derrotas da história ao poderoso adversário.

Após esse embate, Portugal e Suécia voltaram a cruzar-se, desta vez em Tóquio, onde os Lusos saíram derrotados pela margem mínima (29-28; 14-14 ao intervalo) e, novamente, em 2023, em Gotenburgo, onde as Quinas perderam por 32-30, apesar de terem recolhido aos balneários na liderança (13-14). Já o primeiro encontro com esta congénere, remonta ao primeiro Campeonato da Europa, realizado em Portugal no ano de 1994, e onde a Suécia conquistou a primeira medalha de ouro. Nesse caminho glorioso, derrotou Portugal por 21-26 e tinha na equipa Magnus Andersson, antigo técnico do FC Porto, que era comandado por Bengt Johansson, figura incontornável do andebol sueco, que deu inúmeros títulos a esta constelação.

O encontro seguinte haveria de acontecer seis anos mais tarde, num EHF Euro 2000, na Croácia, onde a Suécia voltou a erguer o troféu, e deixou pelo caminho a formação das Quinas, ao vencer por 29-21. Com um ano volvido, as duas formações entraram em campo, novamente, e os escandinavos voltaram a sorrir, por 25-32, em duelo referente ao Campeonato do Mundo.

Em 2002, em Gotenburgo, Portugal perdeu por 27-22 e a Suécia, adivinhe, voltou a ser Campeã da Europa e com um recorde muito especial: é, até hoje, a única Seleção a conseguir erguer o troféu em casa. No duelo com os Lusos, Johan Pettersson foi o melhor marcador do encontro, com oito golos, o maior registo até hoje em confrontos diretos.

Men’s EHF Euro 2024
Calendário – Grupo F
11.01.2024 – 17h00 – Portugal x Grécia, 31-24 (18-14)
13.01.2024 – 17h00 – Chéquia x Portugal, 27-30 (7-13)
15.01.2024 – 19h30 – Dinamarca x Portugal, 37-27 (17-15)
Main Round II
17.01.2024 – 14h30 – Noruega x Portugal32-37 (15-18)
19.01.2024 – 14h30 – Eslovénia x Portugal30-33 (17-18)
21.01.2024 – 17h00 – Suécia x Portugal, RTP 2
23.01.2024 – 14h30 – Países Baixos x Portugal, RTP 2

Para consultar o horário completo do EHF Euro 2024 basta clicar aqui. Todos os encontros de Portugal serão transmitidos em direto na RTP 2.

Pode comprar os seus bilhetes para Hamburgo aqui!

Que espetáculo! Portugal deslumbrou e mereceu a passagem ao Main Round. Junte-se aos Heróis do Mar!

Os bilhetes ainda estão disponíveis. Todas as equipas querem o máximo de barulho e apoio possível nos seus jogos – por isso, não perca a oportunidade de ajudar Portugal a passar ao Final Weekend. Mas seja rápido, porque os bilhetes estão praticamente esgotados para o Main Round, em Hamburgo.

De 10 a 28 de janeiro de 2024, todos os caminhos vão dar à Alemanha para os fãs de andebol de todo o mundo, com 17 dias de competição coloridos e dinâmicos, preenchidos com 65 jogos. A Alemanha acolhe orgulhosamente a primeira edição de um EHF Euro com 24 equipas a decorrer num único país.

Patrocinadores Institucionais