EHF Euro 2024: Heróis do Mar ansiosos pela estreia frente à Grécia

PUB

Rui Silva, Capitão da Seleção Nacional, que se juntou ao grupo este domingo, faz uma análise sobre o Campeonato da Europa de 2024 e sobre os adversários do Grupo F.

Rui Silva, uma das figuras notáveis dos Heróis do Mar, já se juntou à comitiva portuguesa após uma curta licença de paternidade, para celebrar o nascimento do seu segundo filho. O central de 30 anos, que atua no FC Porto, é um dos atletas em destaque na presente época na EHF Champions League, onde soma 55 assistências, estando apenas atrás do norueguês Sander Sagosen, que contabiliza mais 10 ações certeiras.

O Capitão da Seleção Nacional tem sido presença assídua nas Fases Finais das grandes competições, onde Portugal se apresenta pela sexta vez consecutiva – apesar de no último Campeonato da Europa não ter ido além do 19.º lugar (2022). Depois dos dois amigáveis com a anfitriã do EHF Euro 2024, Alemanha, a comitiva lusa partiu para Munique e já se instalou no Centro de Estágio de Oberhaching, para preparar os primeiros jogos do Grupo F, contra Grécia e Chéquia, através de diversas sessões de treino de pavilhão e ginásio, para além da análise de vídeo.

Rui Silva, líder em campo da equipa das Quinas, refletiu sobre a última participação no Campeonato da Europa e acredita que Portugal irá conseguir retificá-la: “É muito importante para nós conseguir manter consecutivamente estas qualificações, sabemos que no último [Campeonato da Europa, em 2022] não concretizámos aquilo que desejávamos mas vimos com muita vontade de fazer algo muito bom. Temos a perfeita noção que temos um grupo onde estão equipas que podem complicar mas nós estamos preparados para isso e com muita ambição de, principalmente, passar ao Main Round.”

Sobre as ausências na Seleção Nacional de nomes como Victor Iturriza, André Gomes ou Fábio Magalhães, o central acredita que, como sempre, os Heróis do Mar serão capazes de dar a volta por cima: “Felizmente, nós temos conseguido colmatar as ausências que temos vindo a ter ao longo destes anos porque temos jogadores que têm vindo a desenvolver um trabalho excelente nos clubes, nessas posições e acredito perfeitamente que vão estar à altura e que nos irão ajudar. O Fábio [Magalhães] faz muita falta por tudo aquilo que traz à nossa seleção, seja no 7×6, seja no resto mas lá está, temos que nos adaptar, o desporto também é isso. Se tivermos que o usar [7×6], vamo-nos preparar para fazer a melhor adaptação possível e tirar o melhor proveito.”

Recorde-se que Portugal irá disputar o Grupo F, juntamente com a crónica candidata ao título, Dinamarca, e ainda Chéquia e Grécia, entre 11 e 15 de janeiro, no Olympiahalle de Munique, começando a sua caminhada com o objetivo traçado para o Main Round frente à formação helénica, com todos os jogos a contarem com transmissão na RTP2.

A ordem de jogos apresentada no Grupo F, coloca Portugal a enfrentar, por ordem temporal, Grécia, Chéquia e Dinamarca, com uma ordem teoricamente crescente de dificuldade e Rui Silva acredita que poderá ser favorável ao conjunto luso: “Acho que podemos dizer que é positivo porque o primeiro jogo de um Campeonato da Europa é sempre muito importante e acredito que o facto de sermos favoritos dá-nos essa pressão de ter que ganhar mas toda a experiência que temos vindo a adquirir também nos faz estar mais preparados para isso. Sabemos que temos um grande favoritismo no primeiro jogo e temos que o ganhar se queremos manter os nossos objetivos. Depois, com a República Checa é exatamente igual, porque são os dois jogos muito importantes para nós concretizarmos aquele que é o nosso primeiro objetivo, que é passar ao Main Round e depois, se tudo correr bem, temos a possibilidade, e não temos nada a perder, de disputar com a Dinamarca a passagem para o Main Round com dois pontos.”

O atleta que já representou as cores da Seleção Nacional em mais de 120 ocasiões e que, recentemente, esteve ausente com uma curta licença de paternidade, revelou ainda como sentiu o grupo no seu regresso e a ansiedade de fazer algo bonito por Portugal: “Sinto o grupo da mesma forma que os deixei, confiante, com uma união enorme e com uma vontade muito, muito grande de fazer algo bom. E acho que é algo que, neste momento, nos caracteriza muito como seleção e como grupo e isso tem sido se calhar um dos maiores pilares para nós conseguirmos fazer coisas boas. Agora é manter e dia 11 estar preparados para começar o Campeonato da Europa da melhor forma.”

Men’s EHF Euro 2024

De 10 a 28 de janeiro de 2024, todos os caminhos vão dar à Alemanha para os fãs de andebol de todo o mundo, com 17 dias de competição coloridos e dinâmicos, preenchidos com 65 jogos. A Alemanha acolhe orgulhosamente a primeira edição de um EHF Euro com 24 equipas a decorrer num único país.

A Merkur Spiel-Arena em Düsseldorf, está a preparar-se para bater um recorde de mais de 50.000 espectadores num jogo de andebol no dia 10 de janeiro, no encontro inaugural do EHF Euro 2024 entre França e Macedónia do Norte e, ainda, no frente a frente entre a anfitriã Alemanha e Suíça. Além da Merkur Spiel-Arena, os adeptos do andebol poderão assistir aos jogos do EHF Euro 2024 na Mercedes-Benz Arena de Berlim (14.800 espectadores), na Barclaycard Arena de Hamburgo (13.300), na SAP Arena de Mannheim (13.200), no Olympiahalle de Munique (12.150) e na “Catedral do Andebol” – Lanxess Arena – em Colónia, tradicional palco da Final Four da EHF Men’s Champions League, com capacidade para 18.500 espectadores.

Em paralelo com o Campeonato da Europa, a Federação Europeia de Andebol anunciou o lançamento da primeira Convenção sobre o andebol de base, em Munique, no dia 14 de janeiro e pode encontrar todas as informações aqui.

Particulares com Alemanha
Calendário
04.01.2024 – 15h00 – Alemanha x Portugal, 34-33 (18-14)
06.01.2024 – 17h00 – Alemanha x Portugal, 35-31 (20-15)

Men’s EHF Euro 2024
Calendário – Grupo F
11.01.2024 – 17h00 – Portugal x Grécia, RTP2
13.01.2024 – 17h00 – Chéquia x Portugal, RTP2
15.01.2024 – 19h30 – Dinamarca x Portugal, RTP2

O Men’s EHF Euro 2024 tem lugar entre 10 e 28 de janeiro na Alemanha e é o primeiro Campeonato da Europa com 24 equipas a ter lugar no mesmo país. Para consultar o horário completo do EHF Euro 2024 basta clicar aqui. Todos os encontros de Portugal serão transmitidos em direto na RTP 2.

Patrocinadores Institucionais