EHF Euro 2024: Portugal sai derrotado no primeiro particular frente à Alemanha

PUB

Comandados de Paulo Pereira estiveram muito perto mas não conseguiram vencer a anfitriã do Campeonato da Europa de 2024.

A Flens-Arena – habitual casa da equipa que figura na Bundesliga – recebeu o primeiro de dois encontros particulares, entre a Alemanha e Portugal, na preparação para o EHF Euro 2024, que terá lugar no país germânico, a partir do dia 10 de janeiro.

7 Inicial: Diogo Rêma Marques, Leonel Fernandes, Martim Costa, Miguel Martins, Luís Frade, Francisco Costa e Pedro Portela

Depois de um ataque perdido para cada lado, o conjunto orientado por Alfreð Gíslason levou a cabo um parcial de 2-0 e em seguida foram os dois guarda-redes a aparecer para deixar o marcador estático durante os primeiros cinco minutos. Uma nova falha no ataque de Portugal deixou o marcador em 3-0, mas Pedro Portela acabou por responder, de livre de 7 metros, sem tremer diante de Andreas Wolff e assinou o primeiro golo luso, quando o cronómetro já tinha ultrapassado os seis minutos. À passagem dos 10 minutos, dois golos separavam as duas seleções (5-3).

Os comandados de Paulo Pereira conseguiram reduzir para a margem mínima (5-4), mas dois golos consecutivos da Alemanha – o último dos quais através de um roubo de bola de Johannes Golla – levaram a ao primeiro time-out do jogo, para Portugal. Joaquim Nazaré estreou-se após a paragem e entrou a marcar. Bastaram poucos minutos para que os alemães chegassem aos quatro golos à maior (9-5) e, apesar dos esforços do também recém-entrado Gonçalo Vieira, a resposta do adversário foi sempre muito assertiva, para trazer novo máximo: 12-6, aos 19 minutos.

O pivô Luís Frade estave inspirado, ao marcar dois golos seguidos e Portugal acabou por recuperar para quatro de diferença (14-10) levando, desta vez, à paragem de jogo por parte de Alfreð Gíslason. Os alemães mantiveram a toada até ao fecho do primeiro tempo.

Intervalo: 18-14

Na segunda metade – já com algumas trocas no lado português – Portugal entrou a marcar pela mão de Daymaro Salina, mas os alemães conseguiram responder, por duas ocasiões, a última das quais por Juri Knorr, que levou o marcador a 22-17, minutos mais tarde.

De seguida, o pivô luso-cubano reduziu para quatro golos de diferença e, na sequência de diversos erros por parte dos germânicos, Portugal conseguiu diminuir para dois golos (22-20) levando Gíslason a pedir novo time-out.

Os lusos conseguiram manter a toada e reduziram para a margem mínima, pela mão de Francisco Costa, com o incremento da estabilidade defensiva conseguiram aguentar por diversas ocasiões o ataque alemão mas, à passagem dos 40 minutos, a Alemanha voltou a impôr-se no encontro, chegando aos quatro golos de diferença (28-24).

Quando faltavam 10 minutos para o final, uma dupla defesa de Gustavo Capdeville, deu ímpeto a Portugal para voltar a reduzir, desta vez até à margem mínima (31-30), por Joaquim Nazaré, o mesmo atleta que estabeleceu o empate a 33 golos, com um golo de grande efeito. Após time-out dos germânicos, Renars Uscins acabou por concretizar, levando a sua equipa ao comando.

Resultado Final: 34-33
Top Scorer:
Luís Frade – 6 golos

Joaquim Nazaré, lateral dos Heróis do Mar, analisou este encontro com o conjunto germânico que contou com duas partes distintas: “Vi um jogo espetacular da nossa parte, apesar de termos estado um pouco desconcentrados no início da primeira parte [onde estivemos a perder por seis golos] mas conseguimos dar a volta, diminuir a desvantagem e defendemos bastante melhor e esta recuperação acabou por ser uma “vitória” para nós. A defesa foi a base do nosso sucesso, foi uma pena a desvantagem que trouxemos da primeira parte porque acho que se tivesse sido menor, o desfecho também seria diferente e se continuarmos assim conseguimos ir longe. [A nível pessoal] este jogo serviu para aumentar os índices individuais e coletivos de confiança, foi um jogo espetacular para mim, num dos primeiros jogos que faço por Portugal, onde sinto que fiz as coisas bem, focado e sem medo.”

Os lusos voltam a entrar em campo, no dia 6 de janeiro, desta vez em Kiel, para o segundo encontro particular, pelas 17h00, com transmissão no Canal 11.

Men’s EHF Euro 2024

De 10 a 28 de janeiro de 2024, todos os caminhos vão dar à Alemanha para os fãs de andebol de todo o mundo, com 17 dias de competição coloridos e dinâmicos, preenchidos com 65 jogos. A Alemanha acolhe orgulhosamente a primeira edição de um EHF Euro com 24 equipas a decorrer num único país.

A Merkur Spiel-Arena em Düsseldorf, está a preparar-se para bater um recorde de mais de 50.000 espectadores num jogo de andebol no dia 10 de janeiro, no encontro inaugural do EHF Euro 2024 entre França e Macedónia do Norte e, ainda, no frente a frente entre a anfitriã Alemanha e Suíça. Além da Merkur Spiel-Arena, os adeptos do andebol poderão assistir aos jogos do EHF Euro 2024 na Mercedes-Benz Arena de Berlim (14.800 espectadores), na Barclaycard Arena de Hamburgo (13.300), na SAP Arena de Mannheim (13.200), no Olympiahalle de Munique (12.150) e na “Catedral do Andebol” – Lanxess Arena – em Colónia, tradicional palco da Final Four da EHF Men’s Champions League, com capacidade para 18.500 espectadores.

Em paralelo com o Campeonato da Europa, a Federação Europeia de Andebol anunciou o lançamento da primeira Convenção sobre o andebol de base, em Munique, no dia 14 de janeiro e pode encontrar todas as informações aqui.

Particulares com Alemanha
Calendário
04.01.2024 – 15h00 – Alemanha x Portugal, 34-33 (18-14)
06.01.2024 – 17h00 – Alemanha x Portugal, Canal 11

Men’s EHF Euro 2024
Calendário – Grupo F
11.01.2024 – 17h00 – Portugal x Grécia, RTP2
13.01.2024 – 17h00 – Chéquia x Portugal, RTP2
15.01.2024 – 19h30 – Dinamarca x Portugal, RTP2

O Men’s EHF Euro 2024 tem lugar entre 10 e 28 de janeiro na Alemanha e é o primeiro Campeonato da Europa com 24 equipas a ter lugar no mesmo país. Para consultar o horário completo do EHF Euro 2024 basta clicar aqui.

Patrocinadores Institucionais