EHF European Cup: SL Benfica parte em vantagem para a Turquia

PUB

Águias garantem quatro golos de vantagem para o jogo da segunda mão, que terá lugar em solo turco, no próximo dia 17 de março; Comandadas de João Florêncio estão perto de escrever uma nova página no capítulo encarnado.

O SL Benfica é a única equipa portuguesa a atuar no plano internacional na vertente feminina, tendo alcançado os Quartos de Final da EHF European Cup, patamar onde nunca tinha estado. Depois de terem consumado o feito histórico na eliminatória anterior, ao deixarem pelo caminho as gregas do AESH Pylea Thessaloniki – e se tornarem a primeira equipa feminina do clube da Luz a chegar tão longe numa prova europeia – as Campeãs Nacionais não querem ficar por aqui e iniciaram o duplo confronto com as turcas do Armada Praxis Yalikavaspor da melhor forma, garantindo quatro golos de vantagem para o jogo da segunda mão, que vai acontecer no dia 17 de março, às 14h00 (hora portuguesa), no Binnaz Karakaya Sports Hall, em Muğla, Turquia.

7 inicial: Ana Ursu, Ana Bolzan, Maria Unjanque, Mihaela Minciuna, Alexandra Shunu, Duda Santos e Nádia Rodrigues

Até foram as turcas a inaugurar o marcador, mas à passagem do minuto cinco o SL Benfica soube tirar proveito de um período de vantagem numérica para consomar a reviravolta no marcador, com um parcial de 3-0 concluído por Viktoriya Borschenko da marca de 7 metros. O reverso da medalha surgiu, com o Armada Praxis Yalikavaspor a concretizar quatro golos contra zero e a regressar à liderança (5-6). As Encarnadas voltaram a acertar os processos ofensivos – ao cometer menos erros – e acabou por voltar a liderar.

Na defesa do SL Benfica, ia-se destacando a profundidade assumida – a tentar dificultar a primeira linha adversária – o que permitiu à formação turca aproveitar o espaço para as suas pontas. No entanto, entre os postes estava Ana Ursu que ia assumindo protagonismo e foi uma das peças fundamentais para que, sensivelmente a meio da primeira parte, o SL Benfica regressasse ao comando (9-7). Com mais dois golos para cada lado o técnico do Armada Praxis Yalikavaspor usou o primeiro time-out do encontro mas, no imediato, foram as comandadas de João Florêncio a regressar melhor ao encontro.

Alexandra Shunu e Duda Santos foram felizes e colocaram as Águias com quatro golos de vantagem (13-9), maior diferença registada até então. Mas paulatinamente a formação da Turquia foi aproximando, tirando partido de algumas precipitações encarnada e voltou a reduzir (15-13), fazendo com que desta vez fosse o técnico português a parar o encontro. A formação lusa reagiu bem e alcançou cinco golos de vantagem (18-13), mas novo momento menos lúcido no ataque encarnado levou a nova aproximação no marcador, desta vez até à margem mínima (18-17) pela mão da ponta esquerda Kübra Sarikaya. Mihaela Minciuna devolveu os dois golos à maior antes da recolha aos balneários.

Intervalo: 19-17

O SL Benfica regressou do intervalo determinado e reconquistou os três golos de vantagem (21-18), mas se a formação portuguesa podia contar com Ana Ursu de um lado, do outro Anca Mihaela Rombescu também ia assumindo algum destaque ao parar algumas investidas encarnadas. O jogo seguiu pautado pelo equilíbrio e, na procura de voltar a dilatar a vantagem, João Florêncio levou o cartão verde à mesa mas a redução à margem mínima acabou por surgir (24-23), pela mão da capitã do Armada Praxis Yalikavaspor – Yeliz Özel – perto do minuto 40′.

As Águias voltaram a conquistar quatro golos de vantagem (28-24), com Mihaela Minciuna a apontar o seu primeiro golo no segundo tempo – terceiro na conta pessoal – à entrada dos 15 minutos finais, levando Özcan Kivanc a parar o encontro. A paragem técnica não quebrou o crescimento do SL Benfica e Ana Bolzan devolveu a maior vantagem registada em todo o encontro, de cinco golos, às Encarnadas (29-24).

A cinco minutos do descanso, as turcas reduziram (30-27) e ambas as formações sabiam que cada golo era importante para a segunda metade da eliminatória, que se vai jogar em solo turco no próximo dia 17 de março. Mihaela Minciuna bisou e colocou novamente o SL Benfica com a maior vantagem (32-27) e obrigou a que o treinador do Armada Praxis Yalikavaspor utilizasse o seu último tempo técnico.

Resultado Final: 33-29
Top Player: Mihaela Minciuna – 5 golos

O jogo decisivo vai acontecer no dia 17 de março, às 14h00 (hora portuguesa), no Binnaz Karakaya Sports Hall, em Muğla, Turquia.

Em caso de passagem às Meias Finais, o SL Benfica já sabe que vai encontrar o vencedor do duplo confronto entre MSK IUVENTA Michalovce (Eslováquia) e Cabooter HandbaL Venlo (Países Baixos). As Meias Finais vão realizar-se a 20/21 e 27/28 de abril.

EHF European Cup
Quartos de Final – Calendário (hora portuguesa):
1ª Mão
09.03.2024 – 13h00 – SL Benfica x Armada Praxis Yalikavaspor, 33-29 (19-17)
2ª Mão
17.03.2024 – 14h00 – Armada Praxis Yalikavaspor x SL Benfica

Patrocinadores Institucionais