Taça FAP: Águias vencem Madeira SAD e voam para a Final

PUB

SL Benfica levou a melhor diante da formação Insular e ‘vingou’ resultado na reedição da Final de 2022/2023; Turma de João Florêncio vai defrontar vencedor da segunda Meia Final, entre ADA São Pedro do Sul e CJ Almeida Garrett, agendada para as 17h30 deste sábado – transmissão na andeboltv.

O Município de São Pedro do Sul foi o palco escolhido para acolher a Final Four da Taça da Federação de Andebol de Portugal, este fim-de-semana. Foi com a bancada cheia que se deu início à primeira Meia Final, entre o atual – e único – vencedor do troféu, Madeira SAD, e o SL Benfica – numa verdadeira reedição da Final da época passada, onde as insulares levaram a melhor. Desta feita, quem conquistou o bilhete dourado para a grande Final foi o SL Benfica.

A segunda Meia Final coloca frente a frente ADA São Pedro do Sul, equipa da casa e CJ Almeida Garrett e tem início às 17h30 deste sábado. A Final está agendada para domingo, 14 de abril, pelas 16h00. Acompanhe toda a emoção na andeboltv.

Madeira SAD – SL Benfica

No duelo entre Insulares e Águias em São Pedro do Sul, foram duas ex-sampedrenses a marcar, primeiro Alexandra Shunu pelo SL Benfica e, na resposta, Francisca João igualou as contas pelo Madeira SAD. As Encarnadas entraram com ligeiro domínio, alcançando três golos de vantagem (2-5) perto do oitavo minuto de jogo, com a assinatura de Maria Eduarda Santos, também conhecida por ‘Duda’. Patrícia Rodrigues reduziu (3-5), mas novos momentos de desacerto ofensivo madeirense, deram nova oportunidade para o SL Benfica ampliar através de contra-ataque, que Viktoriya Borshchenko não desperdiçou. Com a diferença em quatro golos (3-7) e o cronómetro a 10’35 foi tempo do primeiro time-out, pedido por António Florido, técnico do Madeira SAD.

A paragem técnica acabou por trazer melhorias para a formação insular, que voltou a reduzir para dois (6-8) após golos de Neide Duarte e Francisca João, perto do minuto 15′. Maria Unjanque e Constança Sequeira responderam ‘na mesma moeda’ e devolveram a maior diferença registada até então ao marcador, de quatro golos (8-12), mas nova investida madeirense traduziu-se em nova aproximação (10-12), que levou João Florêncio, treinador das encarnadas a parar o encontro. Após o minuto de descanso, surgiu o melhor momento do SL Benfica na primeira parte: um parcial de 5-1, que elevou a diferença para o patamar da meia dúzia (11-17).

Com a distância em seis golos e o jogo a assumir um ritmo frenético, que até então ia favorecendo as Encarnadas, as Insulares foram ‘obrigadas’ a ser mais eficazes e, com sucesso, impuseram um parcial de quatro golos sem resposta (15-17), devolvendo a emoção ao Pavilhão Municipal de São Pedro do Sul. Antes da buzina para o descanso, Constança Sequeira assinou a vantagem de três golos perante a baliza vazia, após um erro no ataque madeirense.

Intervalo: 16-19

Dois golos madeirenses abriram a segunda parte e devolveram a diferença mínima (18-19), que não acontecia desde o 2-3, mas bastaram cinco minutos para Duda (Maria Eduarda Santos) devolver a vantagem de quatro às encarnadas (20-24). À passagem do minuto 40′, Constança Sequeira fazia o sétimo golo da conta pessoal, que colocou novamente as Águias com seis golos à maior (21-27). A formação do Madeira SAD tentava reagir, mas o melhor que conseguiu foi reduzir para cinco (23-28 e 24-29), antes do time-out pedido por João Florêncio sensivelmente a meio do segundo tempo.

No regresso após a paragem técnica, as Águias regressaram ainda mais inspiradas para fugir no marcador e ‘voaram’ para os nove golos de vantagem (25-34), com a assinatura da pivô e capitã Adriana Lage, já dentro dos dez minutos finais. O Madeira SAD, única formação que até ao momento havia vencido a Taça FAP – competição que vai apenas na segunda edição – via as suas aspirações em revalidar o título fugirem com o decorrer do tempo. E, do outro lado, havia uma formação motivada para alcançar a Final e lutar pelo troféu. Apesar das Insulares não terem ‘atirado a toalha ao chão’, as Campeãs Nacionais acabaram por garantir o triunfo por quatro bolas de diferença.

Resultado Final: 32-36

A segunda Meia Final coloca frente a frente ADA São Pedro do Sul, equipa da casa e CJ Almeida Garrett e tem início às 17h30 deste sábado. A Final está agendada para domingo, 14 de abril, pelas 16h00. Acompanhe toda a emoção na andeboltv.

Taça FAP
Meias Finais
13.04.2024 – 15h00 – Madeira SAD x SL Benfica32-36 (16-19)
13.04.2024 – 17h30 – CJ Almeida Garrett x ADA São Pedro do Sul, andeboltv
Final
14.04.2024 – 16h00 – SL Benfica x Vencedor Meia Final 2, andeboltv

Patrocinadores Institucionais