IHF World Championship 2025: Heróis do Mar na Bósnia e Herzegovina para selar apuramento

PUB

Seleção Nacional viajou esta sexta-feira até Tuzla, terceira maior cidade daquele país, onde este domingo vai disputar o jogo da segunda mão do Play-Off – transmissão em direto na RTP 2 a partir das 16h00 (hora portuguesa).

A missão de garantir a qualificação para o Campeonato do Mundo pela terceira vez consecutiva está bem encaminhada mas ainda faltam os restantes 50% do processo, e é com a ambição em alta e o cenário a seu favor, depois do triunfo expressivo em Guimarães, que os Heróis do Mar chegaram à Bósnia e Herzegovina, esta sexta-feira, para a segunda mão. O dia foi inteiramente dedicado à viagem e após um merecido descanso, o trabalho retomou na manhã deste sábado com uma sessão de ativação no ginásio, sendo que o treino de adaptação ao KSPC Mejdan, em Tuzla, o palco do derradeiro jogo do Play-Off, está agendado para o final da tarde. As decisões jogam-se este domingo, às 16h00 portuguesas.

“Estamos serenos e tranquilos. Vir à Bósnia e Herzegovina e ter uma viagem fácil é impossível, a não ser que tivéssemos dinheiro para ter um charter, isso não existe. Portanto, foi uma viagem difícil, cansativa, mas já estamos a recuperar e está tudo a correr como estava previsto desde o início.” – garante Paulo Pereira.

O Selecionador Nacional não esconde que trabalhar em cima de um triunfo expressivo é mais fácil mas não muito diferente do habitual, com a vantagem de agora haver mais conhecimento do adversário. O ambiente, como se pode prever, será intenso ao estilo balcânico, mas Portugal tem argumentos e ambição para voltar a festejar:

“O trabalho em si não é muito diferente. Aquilo que nós fizemos foi ver o que é que ainda podemos fazer melhor em relação ao jogo anterior, procurar corrigir alguns detalhes. Aquilo que aconteceu no primeiro jogo acaba por ser informação para nós também, porque havia algum desconhecimento em relação à convocatória que foi feita. Neste momento, já temos mais informação, já nos podemos preparar melhor para este jogo, sabendo que vai ser jogo com carácter mais emocional, porque jogar aqui na Bósnia e Herzegovina é sempre uma tarefa difícil. Normalmente, os Balcânicos em geral, gostam mais de jogar em casa com o seu público, com todo um ambiente que criam, que é habitual, portanto, vamo-nos preparar para isso. Vamos provavelmente também adicionar um detalhe estratégico para este jogo que pode funcionar e ser interessante para nós e já falámos com os jogadores sobre isso. A partir daqui vamos voar para mais uma qualificação, que é isso que nós queremos.”

Foi a seriedade e o compromisso com que foi conduzido todo o trabalho de preparação para o jogo da primeira mão, acredita o líder luso, que levou Portugal a alcançar a segunda vitória mais expressiva de toda a qualificação até ao momento (29-19), apenas atrás da Islândia que venceu a Estónia por 25 golos. O objetivo agora é garantir que a qualificação seja fechada com chave de ouro, diz Paulo Pereira:

“O facto de nós termos preparado o jogo com muita seriedade fez com que nós fizéssemos o segundo melhor resultado de todos os jogos da primeira mão deste Play-Off. Nós e a Islândia ganhámos por 10 golos de diferença ou mais, mais ninguém fez isso, independente das diferenças teóricas que possam existir. A pergunta fica sempre: ‘será que conseguiríamos ter 10 golos de vantagem se não tivéssemos sido tão sérios como fomos a preparar este jogo?’. Fomos e vamos continuar a ser aqui. Agora, também é certo que é um momento para toda a gente difícil, porque há muitos atletas nas diferentes seleções que também jogam muita coisa nos seus clubes. Portanto, temos que encontrar um ponto de equilíbrio para atingir o nosso objetivo e, ao mesmo tempo, fazer com que ninguém se lesione, que não haja demasiados confrontos no jogo. Portanto, é isso que nós vamos ter em atenção para garantir que seja um sucesso pleno para a Seleção Nacional e para os atletas que a compõem.”

O jogo decisivo do Play-Off de acesso ao Mundial do próximo ano entre Bósnia e Herzegovina e Portugal está agendado para este domingo, às 16h00 e contará com transmissão em direto na RTP 2.

Dos sonhos para a realidade

“É o resultado de todo o trabalho que tenho vindo a fazer, tanto nas Seleções jovens como nos clubes. Sinto-me concretizado. Agora é como se costuma dizer: sempre a lutar por mais, o céu é o limite.”

Aos 21 anos, João Gomes foi o mais recente atleta a integrar os Heróis do Mar e a estrear-se ao mais alto nível por Portugal em jogos oficiais. Em 2022 era peça-chave na Seleção Nacional sub-20 e contribuiu para a conquista da medalha de prata no Europeu da geração, antes de deixar Águas Santas para subir de patamar e rumar ao Sporting CP. Num período em que a Seleção Nacional A Masculina atravessa uma natural renovação, o ‘pequeno-grande’ lateral é mais um para acrescentar qualidade a um grupo de alto nível:

“A sensação é de um desejo cumprido. Sempre foi um dos meus objetivos representar a Seleção Nacional A e agora consegui, ainda por cima, num jogo em que conseguimos uma vitória confortável e importante, ainda consegui marcar dois golos e fico feliz por isso. [Ser um dos escolhidos num momento importante rumo ao Mundial] É sempre uma motivação extra, porque já há vários anos que estamos consecutivamente a lutar por qualificações em grandes competições e penso que é importante estar presente neste grupo, porque assim dá-me aspirações para o futuro.”

A lesão do companheiro de equipa, Francisco Costa, permitiu ao antigo lateral do Águas Santas Milaneza juntar-se à comitiva e cumprir um sonho, podendo deixar o seu nome na lista dos internacionais que levaram as Quinas ao terceiro Mundial consecutivo. Para isso é necessário manter a concentração nos níveis mais elevados para evitar surpresas e confirmar a superioridade, admite:

“Estamos bem encaminhados, mas temos que encarar este jogo também com muita seriedade, porque vimos jogar fora de casa, num pavilhão que deve estar cheio, por isso temos de lutar sempre pelo melhor resultado possível sem facilitar.”

IHF World Championship 2025 Play-Off
Calendário (hora portuguesa):
09.05.2024 – 19h30 – Portugal x Bósnia e Herzegovina, 29-19 (14-10)
12.05.2024 – 16h00 – Bósnia e Herzegovina x Portugal, RTP 2

O Campeonato do Mundo de 2025 terá lugar na Croácia, Dinamarca e Noruega, entre 14 e 2 de fevereiro do próximo ano.

Patrocinadores Institucionais