Campeonato Placard Andebol 1: Dragões fecham Fase Regular com triunfo ‘gordo’

PUB

FC Porto conquista vitória tranquila na receção ao Marítimo Madeira Andebol SAD em jogo relativo à Ronda 21, na véspera do Clássico para os Quartos de Final da Taça de Portugal diante do SL Benfica para os azuis e brancos enquanto que os Insulares vão defrontar o Sporting CP.

O primeiro lance dos Dragões não correu da melhor forma, com António Areia a falhar o alvo da marca de 7 metros… mas bastaram cinco minutos para Paulo Fidalgo levar o cartão verde à mesa. A aposta do Marítimo Madeira Andebol SAD no 7×6 não estava a dar os frutos pretendidos e com o 4-1 no marcador, o técnico insular parou o encontro para tentar ter “um jogo mais equilibrado” do que aquilo que havia sido a partida entre FC Porto e Águas Santas Milaneza, como referiu em antevisão.

Apesar da paragem, o FC Porto seguiu melhor, muito por ‘culpa’ de Nikola Mitrevski que ia parando muitas das investidas madeirenses e os azuis e brancos conseguiam aproveitar a baliza vazia – enquanto durou a aposta no 7×6 – ou as rápidas transições para desfeitear, primeiro Diogo Valério e depois Carlos Oliveira. A meio do primeiro tempo, a turma de Paulo Fidalgo abdicou do 7×6 e viu David Fernández estabelecer uma dezena de golos de diferença (12-2). Houve nova paragem técnica à passagem do minuto 18′ e daí saiu um golo, assinado por Eldin Vrazalica.

Já sem abdicar do guarda-redes para atacar em superioridade, o Marítimo Madeira Andebol SAD continuava a sentir dificuldades para ultrapassar a defesa portista e a aposta no 7×6 voltou a surgir… mas por pouco tempo. Nikolaj Læsø fez o golo 21, quando os madeirenses haviam apontado apenas 6, elevando a diferença para 15 golos. Os emblemas recolheram aos balneários separados por 14 golos.

Intervalo: 22-8

No regresso do descanso, a história do jogo foi-se escrevendo da mesma forma, com os Dragões a serem eficazes frente ao ataque 7×6 maritimista e bastaram pouco mais de dez minutos para a diferença atingir o patamar dos 20 golos (32-12) com o carimbo de Diogo Oliveira. Houve uma ligeira reação da equipa do Marítimo Madeira Andebol SAD que, ao concretizar um parcial de 0-3, reduziu a desvantagem para 16 (33-17), pela mão de Délcio Pina, a cerca de 15 minutos do término do encontro.

A desvantagem ainda chegou a ser de 14 (37-23) mas Diogo Rêma, de costa a costa, voltou a dilatar a diferença para 16, a cerca de cinco minutos do apito final. Apesar das investidas por parte dos madeirenses, a turma de Carlos Resende foi superior durante os 60 minutos e somou um triunfo tranquilo que valeu a segunda posição na Fase Regular.

Resultado Final: 41-25

Nota para Diogo Valério que anulou um dois minutos atribuído a Jakob Mikkelsen por alegada bola na cara, que não se verificou. O guardião do Marítimo Madeira Andebol SAD viu o cartão branco.

Após o término oficial da Fase Regular, as equipas – que já conheciam os seus Grupos e já foram a sorteio – podem agora fazer todas as contas quanto aos pontos que transitam para a Fase Final: 50% dos pontos conquistados na Fase Regular. Caso o total de pontos de uma equipa seja ímpar, o arredondamento é feito por excesso.

De relembrar que as equipas do Grupo A lutam pelo título de Campeão Nacional e já todas têm um lugar europeu garantido em 2024/2025 (um na EHF Champions League, os restantes na EHF European League); para o Grupo B ‘sobra’ ainda uma vaga na EHF European League e, por último, no Grupo C luta-se pela manutenção, onde apenas os primeiros dois classificados do Grupo a conseguirão.

Pode consultar o calendário e resultados aqui. Também pode consultar o Regulamento da Prova.

Calendário – Campeonato Placard Andebol 1
Fase Regular – 21ª Jornada
03.04.2024 – 19h00 – FC Porto x Marítimo da Madeira Andebol SAD, 41-25 (22-8)

Patrocinadores Institucionais